foto da diretora oficial .jpg

Mariana Machado é cineasta, pesquisadora e artista residente em Belo Horizonte. Seus trabalhos passam pelo audiovisual principalmente como diretora, atuando também como roteirista, fotógrafa e montadora. Além disso, Mariana possui experiências de criação e investigação em performance, fotografia estática e cinema-educação. É formada em Comunicação Social com ênfase em cinema pela Universidade Federal de Minas Gerais (Brasil) com parte dessa formação realizada como bolsista na Universidad Complutense de Madrid (Espanha), onde se especializou em direção cinematográfica.

 

Mariana trabalha com produções independentes desde 2015, e já dirigiu videoartes, videoclipes, campanhas audiovisuais e curtas-metragens. É diretora, fotógrafa, e montadora do filme “Ângelo”, lançado na 9ª Mostra Ecofalante de Cinema, onde foi premiado como segundo lugar no prêmio de Melhor Filme pelo Público. Atualmente, “Ângelo” está em fase de distribuição, tendo circulado por diversos festivais nacionais e internacionais. Em 2020, também foi selecionada pelo edital "Arte como Respiro", organizado pelo Itaú Cultural, com seu filme “Levarei só o que preciso”. Ao longo dos anos participou de algumas residências artísticas, como “Buitenkunst” (Drenthe, Holanda) e “American Arts Incubator” (CCBB, JA.CA, Brasil); grupos de pesquisa em cinema, como “Mutum: Educação, docência e cinema” (UFMG) e “Imagens dos corpos na cidade” (UFMG); exposições coletivas, como na Galeria Godarc (BH) e no Festival Rede (BH); formações livres, como no Curso de Teatro no Galpão Cine Horto (BH); e fez parte do corpo crítico de Festivais, como na 20a Mostra de Cinema de Tiradentes.  

 

Atualmente, vive e trabalha na residência artística SELVVA, na qual é uma das criadoras e coordenadoras. Além disso, trabalha no curta-metragem “Maxita Watimapë: os comedores de terra”, em co-direção com Ana Maria Machado - este filme foi contemplado pelo edital municipal “BH Nas Telas 2020”. 

CURRÍCULO:

Contate-me

Obrigada! Mensagem enviada.