PLATAFORMA DORAS

Plataforma Doras é um coletivo formado por mulheres artistas de várias áreas. Guiadas pelo hibridismo de linguagens artísticas, o grupo se debruça na criação de performances, cenas, festivais, e oficinas visando o empoderamento feminino em todas suas multiplicidades.

Em 2018, a Plataforma Doras criou a cena BRASA:  uma fogueira com 12 mulheres. Teve sua estreia, com sucesso, no Festival Cenas Curtas do Galpão Cine Horto (2018), sendo um dos trabalhos mais votados da Mostra, pelo júri popular. A cena já foi apresentada na Casa Juta e no Teatro João Ceschiatti, abrindo o Festival DORAS 2019. Ao todo foram 21 mulheres criadoras, das quais 12 estão em cena apresentando uma composição formada por danças, cantos, ações, discursos falados e paisagens sonoras guiadas pela imagem do fogo. BRASA é uma proposta polifônica e imagética, política e poética, um incêndio, uma chama forte, coletiva, incandescente. Um movimento impetuoso de resistência, empoderamento, vida e liberdade.

 

Sinopse BRASA: "Diversas mulheres dançam suas paixões, cortam o ar com discursos urgentes, explodem em gozo, fundem-se num bando incandescente, cantam labaredas e se purificam pela chama ancestral. Elas encarnam a faísca que outrora as queimaria. Friccionam seus corpos como pedras, inventando fogo e um lugar onde seja possível ser livre, fazendo feitiço à beira da brasa, nessa terra chamada Brasil."

NA MÍDIA: