RETOMAR

O porvir conhece sua origem. 
Fotos tiradas em Ilha Grande, 2017. 

REFLEXOS

O sustentar a própria imagem, e mais, subvertê-la. O experienciar-se criando múltiplos reflexos no espelho, ampliando as possibilidades e quantidades de "eus". 

O desejo pelo espelho: este que pode insistentemente buscar o outro, ou então, este que serve como afirmação e empoderamento de um "eu", sempre mutável por sua aparência, por suas formas.

Belezas diversas, discordantes, múltiplas e desordenadas. Belezas que se envolvem e se impregnam de mundo.

-Fotos tiradas em diferentes salões de beleza do centro da cidade de Belo Horizonte, em 2016.